‘É fácil trocar as palavras’ de Fernando Pessoa

Não julguemos compreender o outro pois ele é tão diferente de nós próprios que, qualquer pretensão que tenhamos sobre esse entendimento, é facilmente destruída.

Somos semelhantes, nunca iguais. E os esforços de compreensão serão sempre uma imagem daquilo que somos, uma projecção daquilo em que acreditamos.

A minha alma é só minha…

.

 
É fácil trocar as palavras,
Difícil é interpretar os silêncios!

É fácil caminhar lado a lado,
Difícil é saber como se encontrar!

É fácil beijar o rosto,
Difícil é chegar ao coração!

É fácil apertar as mãos,
Difícil é reter o calor!

É fácil sentir o amor,
Difícil é conter sua torrente!

Como é por dentro outra pessoa?
Quem é que o saberá sonhar?

A alma de outrem é outro universo
Com que não há comunicação possível,
Com que não há verdadeiro entendimento.

Nada sabemos da alma
Senão da nossa;

As dos outros são olhares,
São gestos, são palavras,

Com a suposição
De qualquer semelhança no fundo.

Fernando Pessoa

ΩΩΩΩ

Comenta, Partilha, Contribui. Lê as condições na página ‘Divulgar a Poesia‘ e envia um e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Fernando Pessoa com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a ‘É fácil trocar as palavras’ de Fernando Pessoa

  1. Autor é desconhecido-(Poesia falsamente atribuida a Fernando Pessoa, cfe. informação do http://pt.wikiquote.org/wiki/Fernando_Pessoa)

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s