Divulgar a Poesia: ‘O derradeiro suspiro’ de Hugo de Oliveira

1486767_643217572397506_1791739804_n
E à beira mar plantado, descansado morrerei,
Na melodia ténue divinal, meu corpo embalado,
Das memórias e venturas perdidas no oceano,
O mar sussurrando rezará tamanha fé,
Cortiço à deriva, beijo cremado.
E a maresia no berço chorando,
Principia velada tamanha alegria,
O adeus ao toque derradeiro,
Bradando nas ondas a melodia do teu beijo,
A suave sentença deste corpo inteiro.
E sei que me visitarás aquando a brisa salgada,
Do brilho lunar germina fantasia,
Dos teus olhos carpem lágrimas,
Curados caprichos, jangada à deriva.
E sem antes partir, resisto à dor e contemplo,
A grandiosidade do oceano espelhado em teu sorriso,
Que ainda geme e permanece envolto do meu,
Preso em beijos, da melodia que respiro,
Perene sentido, o beijo torpeceu,
Foram vidas cruzadas, de quem tanto sofreu.
O derradeiro suspiro.
 

Hugo de Oliveira

Página Facebook do Autor: Hugo de Oliveira

ΩΩ

Comenta, Partilha, Contribui. Lê as condições na página ‘Divulgar a Poesia‘ e envia um e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

ΩΩΩΩ

Encontram-me aqui:

sarafarinha.wix.com http://sarinhafarinha.wordpress.com sara.g.farinha@gmail.com@sara_farinha  goodreads_Sara Farinha  facebook  google+ sarafarinha  Pinterest youtubetumblr-icon

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Divulgar a Poesia com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s