‘Escavação’ de Mário de Sá-Carneiro

Dispersão-Capa

Numa ânsia de ter alguma cousa,
Divago por mim mesmo a procurar,
Desço-me todo, em vão, sem nada achar,
E a minh’alma perdida não repousa.

Nada tendo, decido-me a criar:
Brando a espada: sou luz harmoniosa
E chama genial que tudo ousa
Unicamente à força de sonhar…

Mas a vitória fulva esvai-se logo…
E cinzas, cinzas só, em vez do fogo…
— Onde existo que não existo em mim?

(…)

‘Escavação’ de Mário de Sá-Carneiro em ‘Dispersão’

ΩΩ

Conhecem o Projecto Adamastor? Este é um site que disponibiliza algumas das nossas (portuguesas) maiores obras literárias para download. Obras em domínio público com vários formatos digitais de qualidade.

Visitem o Projecto Adamastor e leiam alguns dos nossos maiores autores nacionais. Encontram ‘Dispersão’ de Mário de Sá-Carneiro aqui para download gratuito…

ΩΩΩΩ

Gostaram deste poema? Então subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

ΩΩ

Encontram-me aqui:

sarafarinha.wix.com http://sarinhafarinha.wordpress.com sara.g.farinha@gmail.com@sara_farinha  goodreads_Sara Farinha  facebook  google+ sarafarinha  Pinterest youtubetumblr-icon

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Mário de Sá-Carneiro com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s