‘Cantiga, Partindo-se’ de João Roiz de Castelo Branco

945694_370324143088183_726302858_n

Senhora, partem tão tristes
meus olhos por vós, meu bem,
que nunca tão tristes vistes
outros nenhuns por ninguém.

Tão tristes, tão saudosos,
tão doentes da partida,
tão cansados, tão chorosos,
da morte mais desejosos
cem mil vezes que da vida.
Partem tão tristes os tristes,
tão fora de esperar bem,
que nunca tão tristes vistes
outros nenhuns por ninguém.

João Roiz de Castelo Branco, ‘Cantiga, Partindo-se’ em “Cem Poemas Para Salvar a Nossa Vida”

 

ΩΩΩΩ

Gostaram deste poema? Então subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

Segue-me / Follow Me:

Contacta-me / E-mail me:

sara.farinha@sarafarinha.com

Anúncios
Esta entrada foi publicada em João Roiz de Castelo Branco com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s