‘Esta espécie de loucura’ de Fernando Pessoa

 

Esta espécie de loucuratalento

Que é pouco chamar talento

E que brilha em mim, na escura

Confusão do pensamento,

 

Não me traz felicidade;

Porque, enfim, sempre haverá

Sol ou sombra na cidade.

Mas em mim não sei o que há.

 

Fernando Pessoa, 1926, em ‘Poesias Ortónimo'(ISBN 978-972-0-04973-5)

ΩΩΩΩ

Gostaram deste poema? Então subscrevam este blogue e recebam todas as novidades por e-mail.

Segue-me / Follow Me:

Contacta-me / E-mail me:

sara.farinha@sarafarinha.com

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Fernando Pessoa com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixem aqui os vossos comentários ou enviem e-mail para: sara.g.farinha@gmail.com

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s